quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

Por enquanto..

Por enquanto não vou mexer no meu desarrumado. Nas coisas que senti ao te ver chegar.
Mantenho a janela aberta, a porta encostada. Da minha saudade sei eu. Nas esquinas do pensamento só penso em te encontrar..

quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

Fechei a porta..

Fechei a porta do passado. Ando em busca de sentimentos mais honestos e menos perecíveis.


Que tua alma seja teu guia..

Não jogue fora o que te alimenta o coração.
Não abra mão da sua felicidade. Não abra mão dos seus princípios. Se quiser chegar a algum lugar que seja com humildade. Que tua alma seja teu guia. Tua luz verdadeira,
teu instinto.

terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Quero..

Quero mandar bilhetes, estar mais presente e não complicar tanto as coisas..O que eu quero é me ajeitar dentro de um abraço. Me soltar em pequenos voos. Ou, longos. Vai depender do que o coração sentir.
O que eu quero é que o bom e o bem sejam preservados.. E que eu possa lançar sementes ao vento e colhê-las no lugar exato que Deus mostrar pra mim.

Ando tão intensa..

Ando tão intensa e tão inteira, que até já me esqueci das metades e migalhas que me ofereceram por aí.
Por ser tantas aprendi a valorizar o meu melhor. Deixo o pior pra quem nunca soube na verdade ser sinceridade. 
Esse tempo já passou.



Agradecendo..

Minha vida nunca foi um mar de rosas. Até que foi bem doida. Nem por isso carrego lamento. Nem por isso me afundo num mar de tristeza. Porque eu também consegui navegar em vários momentos em águas tranquilas.
Não posso culpar ninguém pelo que a vida me (en)carregou de carregar. O fato é que não posso ficar buscando desculpas. Não posso me entregar ao negativismo. Assim a vida não anda.
E se eu consegui subir algum degrau, devo isso tão somente a mim mesma. Muitas vezes desconheci a minha força interna. Mas ela se revelou de um modo surpreendente. Venci muitas batalhas agradecendo pela sobrevivência e paz interior.


segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

De repente..

De repente deu saudade de desenhar meu mundo na curvatura do seu sorriso.


Um pé em Janeiro..

Um pé em janeiro, e o coração deixando pra lá o que não cabe na bagagem do novo ano. Tempo de (re)ciclar. Tempo de se amar mais. Tempo de fazer bonito.Tempo de viver o novo. Viver o que ainda não foi vivido..

Pois é..

Às vezes acabo sendo demais pra quem tem pouco ou quase nada pra me dar.


Quero noites em claro..

Quero que você esteja comigo. Quero noites em claro, café de manhã, almoço, jantar.
Quero mergulhar na profundidade do teu oceano. Ir e voltar.
Quero que os dias nasçam com teu sorriso. Que eu adormeça em paz contigo.
Que ainda eu tenha muito pra contar. Até que a última luz do céu se apague.
Até que um último suspiro te abrace. Até quem sabe um dia. Até quando o amor deixar.

Deixa vir..

A vida possui emoções que o coração precisa sentir. Deixa vir.

Sil Guidorizzi

Amém!

Gostaria de pedir ao nosso Querido Mestre nosso Pai maior, que acolha a todos com seu amor. Que proteja todos os lares. Que emita boas vibrações em todos os corações. Que as angústias diminuam, as tristezas cessem. 
E que a luz que brota em cada amanhecer (re)vigore a alma de cada um. Não existe noite sem dia. Não existe paz, sem que se lute por ela. Que Nosso Pai, abençoe a todos. E que todos sejam envoltos em sustentação física e espiritual.
Amém!
Sil Guidorizzi

domingo, 27 de dezembro de 2015

Vou com a cara e a coragem..

Às vezes vou no susto, no empurrão. Vou com o coração. Vou com a cara e a coragem. Vou disfarçando meus medos. Vou porque não posso desperdiçar minhas chances.
Não posso pedir que Deus me dê prioridade. Vou porque nasci pra experimentar o amargo e o doce.
Vou porque é hoje. O amanhã não sei se demora. Agora mesmo o café está quente, o olhar procurando o que fazer.
Não estou a fim de me justificar. Estou a fim de não ficar contabilizando ganhos e perdas. Estou com Ele. Estou em seus recados, sinais e aprendizados. Estou na luta diária que meu espírito precisa passar.
Não preciso de júri, nem de sentenças. Apenas de mais entendimento e paz.

Conecte-se..

Conecte-se com o alto. Desprenda-se das coisas materiais, do que não te faz crescer. Desapegue-se de todas as mágoas, arrume as malas. Faça uma viagem dentro de você.


No toque..

No toque as pessoas se (a)colhem. Se (re)conhecem.
Amores acontecem..
Feito resposta ao tempo que trata de unir o que é pra ser.
E que seja. Seja bom e verdadeiro.

Feche os olhos..

Feche os olhos. Faça seu agradecimento de final de ano. Respire. E que a vida te encha de coisas boas. Só posso desejar que tua alma brilhe.

Pra hoje..

Pra hoje, faça-se Feliz!
Tão somente porque você merece. 
Simples assim.

Sil Guidorizzi

Na verdade..

Às vezes acabo sendo demais pra quem tem pouco ou quase nada pra me dar.


sábado, 26 de dezembro de 2015

Quando puder eu volto.

Quando puder eu volto. Quando puder rabisco teu nome. Soletro as letras. O amor tem memória. O coração saudoso ainda te lembra.
Sil Guidorizzi


O ano está acabando..

O ano está acabando. E o que eu fiz por mim e pelos outros ecoa no pensamento. Sinceramente, até que me sai bem.
Plantei algumas sementes que deram frutos, cuidei. Aquelas dores incômodas foram sumindo, apesar de alguns dias terem sido meio esquisitos.
O céu anda de uma cor saudável, ando sem palidez no olhar. O coração anda com vontade de conversar e sentir algo novo e bom.
Acho que consegui tomar conta do meu espaço. Consegui fazer com que ninguém me sugasse tanto. Acho que consegui melhorar. Melhorei o espirito, mantive a casa mais arejada, o temperamento mais ameno.
Talvez eu finde o ano, com a sensação de dever cumprido. E que o novo ano (re)comece. Assim como dentro de mim muita coisa (re)começou. A esperança continua, Deus está comigo... Está bom pro (re)inicio. Está do tamanho necessário pro que Ele me reservou.
Fecho mais um ciclo desejando abraços fartos, sorrisos cheios de afagos. Enfim, tudo de bom.

sexta-feira, 25 de dezembro de 2015

Assim que possível..

Assim que possível tiro o coração da estante. Ajeito o semblante. Passo perfume pra te encontrar. Assim que arrumar meu canto te chamo.
Basta que Deus sopre em meus ouvidos e diga: Vai, menina. Vai sentir a poesia da vida. Volta pro seu lugar. Não deixe os dias tão sozinhos. É hora do céu e as estrelas voltarem a se encontrar.



Encurte..

Encurte distâncias. (Re)aproxime o coração.


quinta-feira, 24 de dezembro de 2015

Pra hoje..

Pra hoje, coração presente. Abraço apertado. Luzes piscando dentro da alma. O espirito simbolizando paz. Junto, perto, dentro. Não importa onde. Apenas se importando com quem te daria o céu pra te ver bem.

quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

De repente posso amanhecer..

 
De repente aquele gosto ácido desaparece quando me lembro dos teus olhos. De repente o caminhar pelas esquinas sentindo a luz natural da vida sobre me mim, me faça repensar o que tenho feito.
Posso querer extravasar minhas neuras de um jeito estranho, ou querer te buscar e te abraçar de um jeito que nunca senti.
De repente a vida passou rápido demais e Deus quis assim. De repente posso amanhecer em você. E teu zelo permanecer em mim.

Sil Guidorizzi


Estou aqui..

Quero sentir com bondade o cotidiano mesmo que o coração não esteja a fim de passeio. Quero fechar os olhos, me instruir. Nada gira em torno do meu umbigo. Tudo é emprestado por Deus. 
E com a permissão Dele, é que estou aqui.


terça-feira, 22 de dezembro de 2015

Proximidade..

Pra hoje, proximidade. Boas lembranças. Um absorver do tempo. Cumplicidade misturada com carinho.. Amor pulsando. 
Olhares que se vivenciam. Vida sem tanta rotina. E o coração pousando em solo bom.

Sil Guidorizzi

O que valeu, valeu..

Dessa vida não levamos nada. Então que a gente faça alguém feliz. Faça por merecer. Faça acontecer. Pra que no final da jornada tenhamos muitas páginas. E que em cada uma delas a gente possa de novo se espelhar e se (re)conhecer.
O que valeu valeu. O que não valeu, serviu pra gente aprender.


segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Sou o avesso..

Sou alma inconstante, viajante, errante por vezes louca e displicente. Tenho minhas querências. Meu tempo breve. Meu jeito silencioso e imprevisível.
Sou terra, sou ar. Fogo que por vezes queima coração que incendeia. Palavra que traduz num só olhar. Sou fera, sou proteção. Sou vigília e oração. Sou a brisa que ameniza os dias mais tensos. Sou o olho do furacão. O avesso, o complexo. Não repare não.


A vida..

A vida foi feita pra extravasar sonhos. Não mate dentro de você o que pode te fazer feliz.


Quero te tocar..

 
Quero te tocar com meu olhar. Quero te amar até o fim dos meus dias.  Quero te desejar sem censura.  Quero que saiba que em outra existência também já fui sua. E que por um motivo ou outro, fomos despedida.
O nosso agora é a prova de que Deus nos deu mais uma chance. Pra que possamos mostrar um ao outro que podemos atravessar as fronteiras do tempo. Que podemos sentir a linha tênue da vida. Que juntos somos almas gêmeas. E que o amor não se acaba nem além da vida.

Sil Guidorizzi.



domingo, 20 de dezembro de 2015

Nada é por acaso..

Algumas distâncias são impostas pelo destino. Nem por isso me magoo. Vou processando apenas os novos instantes os novos insights, outros ritmos. A vida é um eterno vaivém. Tem gente que vai. Tem gente que vem pra nos fazer esquecer do passado doido. Tem gente que vem trazer mais cor e mais perfume.
Danço conforme a música. Sem muito entendimento. Ciente de que nada é por acaso e que tudo vem no momento preciso.


Neste Natal..

Neste Natal, quero o coração matando saudades. Quero a luz do Nosso Pai me protegendo. Quero (re)lembrar a infância, (re)lembrar o tempo de casa cheia e de familiares se divertindo.
Não quero contar as perdas. Não quero passar uma borracha por cima desse sentimento. Saudade é o que me move. Saudade é o que me traz boas recordações. Não posso trazer meus parentes queridos de volta. Mas posso neste dia assim como em todos os outros vibrar e desejar que estejam bem.
Nossa separação é temporária.O tempo, de Deus.
Quero sentir a presença de todos que amo dentro do coração. Esse talvez seja meu melhor presente. A sensação de que todos estão bem. Que não aconteçam desavenças. E que cada um viva seu caminho conforme o escolhido.
Noite feliz e de paz não se faz só em dia de Natal. E sim, no decorrer dos dias. A cada manhã, em cada entardecer. Em cada momento compartilhado com quem se ama de verdade. Aprendendo a perdoar antes que seja tarde, a deixar o orgulho de lado e não criticar tanto o outro. É preciso que haja mais entendimento e menos rancor.
Assim se faz um dia de Natal. Assim se faz a vida. Com dias de (re)nascimento e ressurreição. Sem mágoa no peito.
Sem sorriso pela metade. Sem desavença no coração.
Sil Guidorizzi. (♥).


Pra hoje..

Pra hoje, feche os olhos. Filtre coisas boas. Agradeça.Transpareça. Deixe a sinceridade do coração falar mais alto. E que Deus te proteja.




sábado, 19 de dezembro de 2015

Foram..

Foram tantas as dúvidas, que até acabei me esquecendo das certezas.


A vida vale a pena..

Alguns cheiros são inconfundíveis, assim como alguns toques são tão precisos quanto os ponteiros do tempo.
A vida vale a pena. Vale em qualquer momento.

sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

Nada substitui.

Nada substitui o amor.
Nada substitui a troca de olhar, o toque. A proximidade. O respirar, a euforia.
Nada substitui o encontro de almas que juntas, descobrem muito mais da vida.
Sil Guidorizzi


Ainda bem..

Ainda bem que o sorriso volta. Que a gente abre a porta e deixa o novo entrar. Ainda bem que a gente sabe que é um dia após o outro.
Que tudo se ajeita. Que a vida trata de nos colocar onde for preciso.
E que a gente perca o juízo algumas vezes, faça o coração rodopiar. Ainda bem que a gente continua. Não se acomoda. Deixa o que passou passar. Abre a janela da alma, e dá uma espiadinha. Percebe que vale a pena tentar de novo. (Re) começar.


quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

Pra hoje..

Pra hoje, que a gente seja. Seja luz no olhar. Amor que aprende a (re)amar. Perdão que acalma a alma. Brisa boa que sopra. Felicidade pra ter o que contar. Um dia de emoção carinho e sorriso. De gratidão. De Deus soprando no ouvido as boas novas que com certeza, haverão de chegar.


quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Escolheu, segue.

Escolheu, segue. E que Deus te cuide e te ilumine. Os fardos se tornam mais leves quando dentro do coração existe consciência de que ninguém os carregará por você. 
Cumpra tua missão. A cada um suas obras. A cada um o que foi escolhido a dedo para sua própria evolução.


terça-feira, 15 de dezembro de 2015

Deus é luz.

Quando você achar que não existe mais caminho caminhe pra perto de Deus. Ele saberá te conduzir.
Suas mãos são passes de luz. 
Sua energia emanará a paz que precisar receber.


Amar requer coragem.

Amor é a soma de olhares misturados em meio aos sorrisos. Amor não é matemática. É coração pulsando feliz. 
Mostrando que nem tudo é assim tão complicado e impossível.
Amar requer coragem - Disso não duvido.


Gosto de quem náo me turva os olhos..

"Gosto de quem não me turva os olhos. De quem me clareia a alma. De quem não me dá nó. De quem não se acha. Gosto de quem realmente me vê. Gosto do que mexe comigo. Do que me instiga a saber mais. Do que me provoca. Quero notar, enxergar.
Aqui não existe lei da procura e nem da oferta. Minha vida não se compara a nenhum classificado de jornal. Aqui não há nada em tom vulgar.
Há, sim, um olhar que tudo percebe e sente. Há um tom ruivo misturado ao loiro. Uma pele alva. Um calor no falar.
Nada que um bom entendedor não perceba, quando dentro de mim consegue chegar.."

Coisa boa de sentir.

Ela colocou o coração para adormecer. Dançou sobre seus véus conseguiu ver o céu. Tocou, sorriu.
A paz que a absorvia transbordava a sua volta.
Carinho bom na alma. Coisa boa de sentir.


A vida vale a pena..

E aí a vida vale a pena.. Vale, porque sempre tem alguém que consegue nos fazer sorrir.


segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

Que hoje seja um novo dia..

Que hoje seja um novo dia. De alma presente. De coração fazendo festa pra quem nos faz feliz.
E que a gente agradeça cada pequeno milagre diário com humildade. 
A sabedoria está em acreditar em si mesmo e seguir.


Ele...

Ele tem olhar de vagalume. Me acende. Faz poesia no meu mundo.


No amor..

No amor não existe distância. A vida nos encarrega de ser laço.
E fazendo morada dentro de outra alma, simplesmente a gente ama.

Sil Guidorizzi..


sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

Viva teus amores..

Pense no teu universo como tua casa sagrada. Enfeite com flores. Viva teus amores. Sinta tuas saudades. Perfume o lado bom da tua alma.
Creia. Se teu céu um dia desbotar, pinte-o de novo e de novo.
Sil Guidorizzi 

Quero viver novos sorrisos.

Sobre a vida? Luto com minhas armas. Jogo a toalha se preciso for. Sofro pelo tempo que for necessário. Fecho meus ciclos. Parto pra outra. Arrumo-me e me arrisco novamente. Quero dar voz e cor ao que preciso. Quero viver novos sorrisos.


Pode ser..

De repente parece ser só mais um dia. Mas também pode ser aquele dia em que muita coisa dentro de você também se modificou.

Sil Guidorizzi