sexta-feira, 27 de março de 2015

Quando abracei..


Quando abracei o amor, foi para valer.

Quando nos (re)encontramos, o tempo parou pra você descer.

Dali em diante, o que era instante, virou mania de querer.

Porque o amor transforma, transporta.

Nos leva a qualquer viagem, qualquer paisagem, qualquer passagem.

As portas se abrem, o coração adentra.

Com a vida pedindo pra ser mais, o amor pedindo paz.


É isso que alimenta.




Sil  Guidorizzi..

Nenhum comentário:

Postar um comentário