sexta-feira, 24 de julho de 2015

Só quero viver.

Não quero acertar sempre.
Só quero viver.
Se precisar abaixar as cortinas e sair de cena, abaixo.
Se quiser mostrar o olhar de curiosidade mostro.
Se pedir silêncio, eu mesma faço.
Vou pelo lado que convém. Se é contrário, se é a favor tanto faz.
Quero mais que os dias nasçam pra que eu não morra sem antes viver cada segundo.
Não quero acertar sempre. Ainda vou errar e muito.


Sil Guidorizzi.

Nenhum comentário:

Postar um comentário