segunda-feira, 20 de julho de 2015

Talvez..

Talvez eu seja trágica. Talvez, seja cômica. "Tragicômica". 
Talvez eu seja muitas coisas que ainda não explodiram no peito, não rasgaram o alicerce da alma.
Eu só sei que quero dançar, quero abraçar meus sonhos enluarados.
Quero romper a barreira do pensamento. 
Quero mais emoção.
Quero o que couber. 
Quero abrir portas e janelas e respirar vida. 
Estar para o que der e vier.


Sil Guidorizzi

Nenhum comentário:

Postar um comentário