sábado, 31 de outubro de 2015

Te desejo um doce novembro..

"Te desejo um doce novembro. Um doce viver. E que em cada esquina do teu pensamento a chama do amor prevaleça. 
Os dias correm, o rumo da tua vida poderá mudar. Deixe que Deus coloque tudo do jeito certo. Nada é por acaso. Eu espero de coração que você chegue até a ponta do arco-íris. Existe tempo pro amor. Existe tempo pro gostar. Existe tempo pro que o coração pedir. Basta acreditar."

Sil Guidorizzi..

Ainda consigo me ouvir..

A sorte é que mesmo com tanto barulho aqui dentro, ainda consigo me ouvir.
Consigo sentir a cadência da vida batendo dentro do peito.
Sil Guidorizzi

Sabe aquele sorriso...

Sabe aquele sorriso que você me deu..
Pois é, o coração não esqueceu.
Foi ali o começo de tudo que a gente viveu..

sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Eu caberia em você agora..

Eu caberia em você agora. Caberia dentro do teu mundo. Caberia em cada espaço vago, cada palavra de amor que gosto de dizer enquanto te acaricio.
Eu não pediria e nem mencionaria nada agora. Nem tentaria adivinhar o futuro.
Mas acredito nas linhas da mão que a cigana leu pra mim. Acredito que a vida dá muitas voltas.
E eu tenho andado assim. Pronta pra você. Pronta para o nosso tempo.
E que ele chegue na hora certa. No momento exato em que a porta da alma estiver pronta pra te receber. O destino foi feito pra acontecer.

quinta-feira, 29 de outubro de 2015

Intimamente sorrir..

Pra algumas coisas prefiro o silêncio. Prefiro vibrar por dentro.
E intimamente sorrir.

quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Não posso exigir da vida o que não é meu..

Hoje não abro mais a guarda para as provocações e aceito os nãos como forma de aprendizado. 
Não posso exigir da vida o que não é meu.


Ela não quer trancar a porta.

Ela não quer trancar a porta. Quer ter espaço pra respirar. Quer morar dentro dela. Sair. Ir e voltar. Ela sabe dos seus sonhos. Não traça muitos planos. Não quer mais esperar.
Cansou de frases feitas, gente que apenas enfeita. Enfim, aprendeu a se cuidar.
A vida dói, os ombros por vezes pesam. Mas ela consegue chegar lá. Mesmo que dentro dela não haja descanso. Mesmo que mudem-se os planos. Ela veio pra ficar..

Encontro dos infinitos..

A alma e o encontro dos infinitos..Um laço pra lá de único. Pra lá de bonito.

segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Talvez..

Talvez eu exagere nas perguntas e inconscientemente saiba das respostas.
Talvez eu volte. Talvez nem vá. Talvez te beije muitas vezes pra não esquecer o gosto bom que você tem.
Talvez eu dance em frente ao espelho, lave o rosto e peça pra Deus me cobrir. Talvez eu só precise de descanso. De ar puro. De um tempo que me faça voltar para o prumo. Um tempo pra voltar pra mim.

domingo, 25 de outubro de 2015

sexta-feira, 23 de outubro de 2015

Prefiro gargalhar de mim..

Tem dias que o mundo está caindo e eu ainda consigo segurá-lo com um sorriso. Eu ainda prefiro menos drama. Prefiro não me afundar na lama. Prefiro gargalhar de mim. Prefiro conviver com meu certo e meu errado. Prefiro essa loucura que me desbrava e me faz crer que apesar de tudo, nem tudo é assim tão ruim..

quarta-feira, 21 de outubro de 2015

Até posso perdoar..

Eu até posso perdoar. Mas não me peça pra (re)amar o que um dia você não soube cuidar.

Sil Guidorizzi

Desencana..

Se te olharem torto não esquenta. Se não gostarem de você, se goste ainda mais. Você não deve satisfações a ninguém. Só você sabe do seu caminho, das suas passagens dos seus fantasmas e dos seus dramas. Ninguém foi convidado a entrar pela porta da sua alma. 
Desencana..


A gente vai se doer..

A gente vai se doer, vai bater de frente. Vai se perguntar porquê.
É se recolher ou seguir em frente, suportando as rasteiras que a vida nos dá por vezes de modo profundo.

terça-feira, 20 de outubro de 2015

Eu aprendi a gostar de mim..

Eu aprendi a gostar de mim. Aprendi a me enxergar em primeiro lugar. Mesmo estando de prontidão para algumas coisas, algumas pessoas.
Só que nem sempre as pessoas pensam igual a mim, ou igual a quem quer que seja. Então parei para ver o que vinha recebendo. O que vinha agregando de bom a minha vida. Quem realmente é necessário(a). Quem vale à pena, ou o que vale a pena para que a vida se torne menos complexa e mais feliz. O tempo já me (re)mendou bastante. Aprendi a confiar mais em Deus. E não florear demais quem não está nem aí.

Felicidade...

Felicidade é aquilo que a vida nos dá quando paramos de lamentar. 
É quando as portas se abrem e deixam as boas surpresas chegarem..

Caminhe sem aperto..

No dia em que os sapatos incomodarem os pés, ponha-se descalço. 
Caminhe sem aperto e descanse a alma..

domingo, 18 de outubro de 2015

Ando precisando de mim..

Me deixe ser um pouco egoista. Me deixe ser um pouco sozinha. Me deixe um pouco comigo. Também preciso de tempo. Preciso do coração solto e dos pés que tentam o equilibrio. Ando precisando de mim.
Sil Guidorizzi

Pode ser..

Pode ser um beijo certo numa hora (in)certa.
Pode ser um abraço inteiro sem meio termo. 
Pode ser amor ao mesmo tempo.

Só sei..

Só sei que ele(a) abriu meu coração com a chave do seu sorriso.

Parei de ficar rabiscando a folhinha do calendário..

Hoje ao abrir a janela notei algo diferente. Mas algo diferente dentro de mim. Mesmo na palidez do dia, não me senti nem um pouco incomodada com o vento gelado que batia em meu rosto; com a paisagem bucólica que mesmo assim muito me dizia.
O coração anda em falta com algumas coisas. Então, resolvi me desfazer das sombras do passado e abusar da luz que refletia em mim. Resolvi varrer da alma a poeira jogada para debaixo do tapete. Resolvi arejar a casa; trocar as cortinas; pintar a sala e escrever meu nome no chão da varanda com giz.
Parei de ficar rabiscando a folhinha do calendário. Parei de implicância com o tempo. Parei de (re)mexer coisas sem necessidade.
Voltei a minha xícara de café, me pus sentada folheando algumas páginas de um antigo livro. O dia era de calma. A tempestade havia passado a algum tempo. A brisa boa que agora vinha, entrava deliciosamente sem pedir licença refletindo na cadência do coração. Percebi que também é possível viver assim. Sem culpa, sem porquês. Sem que a vida me cobre tanto. Sem que eu não precise nada responder.

quinta-feira, 15 de outubro de 2015

Não prometo criar juizo..

Não prometo criar juizo. Deixo pro dia do juízo final. Não prometo ser menos. Sou rio que transborda na hora da tempestade. Sou Brisa que beija o amor suavemente quando ele vem e me faz sentir o melhor.
Por isso não prometo nada. Sigo com o que o coração por vezes arredio quer. As costas são largas, os ombros sustentam o peso do que devo carregar. Os pés ainda sabem caminhar. Perto, longe. Onde precisar de descanso. Não prometo nada. Nem exijo nada. As coisas acontecem conforme o planejado por Deus. E com certeza estarei na hora e no lugar certo que Ele destinar.

Estou hasteando a bandeira da paz..

Estou hasteando a bandeira da paz pra muitas coisas. 
Certas guerras não me cabem mais..

terça-feira, 13 de outubro de 2015

Tenho a chave do coração..

Talvez nesse instante o olhar esteja sentindo absolutamente tudo. Ou quem sabe, esteja se decifrando e tentando abrir uma nova porta diante da vida. Tenho a chave do coração, a luz que me aquece, a bondade de Deus nosso Pai que me é infinita. Talvez seja hora de (re)começar, de (re)fazer algumas coisas. Abrir a partir de agora uma nova página. Explorar mais o mundo que me ronda, a vida que me sonda. Atravessar as cercas que me testam pelo caminho. Com um pouco mais de ousadia, um pouco mais de amor-próprio, e um tanto assim de curiosidade a olhos vistos.


segunda-feira, 12 de outubro de 2015

Não gosto que mexam em minhas feridas..

Não gosto que mexam em minhas feridas. Que fucem minha bagagem, ou mudem de lugar a (des)ordem da minha vida. Ou, que tentem roubar minha identidade. Dela ninguém se apropria.
Sil Guidorizzi

Por um instante..

Por um instante vamos esquecer os tablets, celulares, computadores. Esquecer essa parafernália tecnológica que nos afasta do mundo real.
Esse mundo de cores, expressões, sabores, vivências e sorrisos. Cheio de formas, nuances; encontros ao acaso, e brilho. Por um instante deveríamos deixar de lado esses acessórios que nos tornam dependentes de mais informação. O certo é buscar informação dentro do outro. Estando próximo, estando de alma aberta. Um sorriso claro e limpo é melhor do que uma página cheia de recados. Um abraço e um caminhar de mãos dadas vale mais do que mil digitações. Contemplar um parque, se deitar na grama, olhar o céu e não pensar em nada,vale mais do que um olhar frio e distante de tudo.
Sejamos Super-Heróis em nome do amor e da felicidade. Mas não nos tornemos invisíveis e insensíveis. O mundo espera de nós. Nós esperamos de nós mesmos. Ainda existe gente de bem. E quem nos queira perto, também..


Hoje eu quero mais é ser criança..

Hoje eu quero mais é ser criança.. Esquecer dos problemas; sorrir ainda mais e ser ainda melhor e mais feliz..
E que Deus abençoe os dias de sol, as noites de aconchego. Os sonhos que decoram o quarto do meu coração. A vida é luz. Não nasci pra temer a escuridão..Quero me sentar e conversar com Deus. E sentir o perfume que brota das flores dessa estação..

sábado, 10 de outubro de 2015

Talvez eu prefira voar..

Talvez eu prefira voar. Ser uma borboleta grávida. Talvez eu precise de uma metamorfose; de um porre, um louco amor pra me jogar de cabeça e alma. Talvez eu prefira o céu limpo, ou as noites em claro.Talvez eu pense e (re)pense mil vezes antes de fazer qualquer coisa. Talvez me jogue fechando os olhos e deixando ser. Talvez eu prefira o balançar das folhas, a tua boca, o café borbulhando em cima da mesa enquanto a gente conversa.. Ou, ser o inverso do meu avesso, e dormir com você no mesmo travesseiro.
Tanto faz. Que a vida não seja pouca. Seja boa. Seja motivo pra me encontrar.

Quando a gente sorri...

Quando a gente sorri com o olhar, o mundo inteiro parece florir.
Quem nos nota de verdade, entende os sinais que só o amor diz..

Viver hoje, pra não morrer por dentro...

Vivemos num tempo onde a vida é banalizada, as pessoas são discriminadas e parece não haver mais tempo pra viver os pequenos prazeres.
Eu me importo com quem se importa. Eu ainda enxergo o mundo lá fora por um outro prisma. Sou a favor de que cada um seja feliz a sua maneira.
Somos nós quem damos o real sentido à vida..Viver hoje, para não morrer por dentro. Como quem vive numa eterna fila de espera. Não existe coisa melhor do que termos o olhar voltado para o horizonte.

sexta-feira, 9 de outubro de 2015

Traga teu colo...

Não precisa trazer flores.
Traga teu colo. Me ajeito, e pronto.
Prefiro o beijo que cala e tudo consente.
Prefiro a moldura do teu sorriso.
Prefiro esse entrelaçar de pele.
Esse algo a mais indiscutível..

Não estou aqui só pra agradar..

Não estou aqui só pra agradar. Estou aqui pra ser eu mesma. 
Pra mudar tudo de lugar se precisar..


Parece..

Parece que tudo acontece ao cair da tarde..Inclusive a saudade.

Tudo é transitório..

Hoje eu posso dizer que graças a Deus estou aqui. Graças a Deus estou cumprindo minha missão neste planeta.. Hoje eu posso dizer que de alguma maneira, passei a perceber o porquê dos (des)caminhos. Dos (des)encontros Dos (re)encontros tramados pelo destino.. 
Da leveza da alma em alguns instantes solitários e perceptivos. Dos pés por vezes fora dos trilhos. Do coração aos saltos, aos prantos, ou encontrando abrigo. Hoje eu posso dizer que não sou expert em nada. Que já fui página virada, já fui descartada. Que aprendi a sobreviver as piores tormentas e a asserenar num sono breve, a alma que tudo sente. 
Hoje mais amadurecida espiritualmente, entendo que tudo é transitório.. Mas que algumas coisas também podem ser duradouras e inesquecíveis dentro de mim.

quinta-feira, 8 de outubro de 2015

Não sei onde começa ele..

Não sei onde começa ele. Onde termina ela.. 
Só sei que eles querem se demorar dentro desse abraço. 
Eles sabem que cada segundo importa.
Estão prestando mais atenção aos sinais do coração.

quarta-feira, 7 de outubro de 2015

Tenho feito um caminho solitário..

Tenho feito um caminho solitário como quem não espera nada. Já esperei demais. Hoje não tenho mais pressa. MInha maior urgência é ser eu mesma e tentar viver em paz com cada escolha que fiz.
Não é tristeza ou muito menos solidão.
É só um tempo de reflexão. Nada de anormal. Nada que me impeça de prosseguir..

terça-feira, 6 de outubro de 2015

Foi quando Deus me disse..

(...) Foi quando Deus me disse: Filha, preste mais atenção em você, preste mais atenção nas coisas que construiu. Pense em cada tijolo colocado em seu alicerce. Pense em tudo que já aconteceu e superou. Não esmoreça, não se entregue. Apenas ore, apenas agradeça. Gratidão é bálsamo, lenitivo. Tua jornada foi escolhida por você mesma. Continue com fé.


No tempo de Deus..

Nem atrasado, nem adiantado. No tempo certo. No tempo de Deus.

segunda-feira, 5 de outubro de 2015

Se tiver tempo...

Se tiver tempo caminhe em meio ao céu cheio de estrelas.
Aproveite e admire a lua. 
Sinta onde seu coração está e imagine onde cabe teu (in)finito.

domingo, 4 de outubro de 2015

sábado, 3 de outubro de 2015

Que você encontre alguém..

Que você encontre alguém que te faça rir. Que não implique o tempo todo com suas manias. Que não te manipule, não te cobre. E não venha com chantagens emocionais. Que você encontre alguém que te carregue no colo. Que tenha bom humor. Que não use de violência moral, nem física. Que nao te diminua. Que te assuma de verdade. Que te agregue e te traga felicidade. E que te ame sem culpa..

É carinho..

É carinho. Amor, zelo. Essa coisa que a gente sente ao ver no outro uma pedra preciosa que Deus lapidou e nos deu de presente.