domingo, 29 de novembro de 2015

Merecemos..

Dormimos no mesmo abraço. 
Sentimos o mesmo aconchego. 
A alma em paz descansa.
Merecemos.

O que eu quero..

O que eu quero é que os sinos do amor toquem o coração. Que cada um se ajeite. Quero (re)decorar meu espaço, abusar no abraço. Viver mais. O que eu quero é estar em paz com minha consciência. Quero que o jardim da vida floresça.
Quero que Deus me abençoe e cuide bem de mim. Quero ver meu reflexo no espelho e enxergar não uma alma que passou por poucas e boas. Mas uma alma que ainda consegue se amar, sorrir e ser feliz.

Brega..

Brega é quando coisas valem mais do que pessoas. Chique é quando o coração na sua simplicidade se doa, respeita e perdoa.


Sil Guidorizzi

Teu colo bom..

Não precisa ser uma frase feita. Pode ser um sentimento honesto e bom. Pode ser algo que caiba entre um beijo e outro. Entre uma lembrança e outra. Entre um estar verdadeiro. Só quero caminhar ao teu lado. 
Só quero teu colo bom.
.
Sil Guidorizzi (♥) (♥)


sábado, 28 de novembro de 2015

Dentro do teu abraço..

Estar dentro do teu abraço é como receber as melhores vibrações do mundo. É feito chuva que vem e limpa a alma abrindo um imenso arco-íris de cor e luz.


sexta-feira, 27 de novembro de 2015

Sou só..

Sou só um coração errante tentando acertar contas com o destino.
Sil Guidorizzi (♥) (♥)


Tem eu, tem você..

Tenho muito pra te contar. Tenho pouco pra esquecer. Tenho motivos de sobra pra ocupar meu espaço, pedir um carinho bom, e amor de sobra pra gente se (re)conhecer. 
Estou sem pressa. Estou entre o silêncio e o som ensurdecedor da alma que pede mais calma. Mais querência.Tem lugar pra me (re)escrever. Tem lugar pra gente se esticar, se olhar, se confortar. 
Tem eu, tem você.
Sil Guidorizzi (♥ ♥)


Abra a janela..

Arrisque viver sem muita expectativa. Observe as borboletas grávidas que beijam flores. Não tenha só uma visão turva dos dias. 
Tenha um olhar mais reflexivo, mais atraente e mais bonito. Através dele vem o sorriso, vem a luz de dia melhores. Pois é a luz da tua alma que faz com que teu coração se aqueça. Arrisque um novo (re)começo. Um novo instante. Um novo momento. Você tem tempo, tem história, tem memória. Tem lápis papel e os sentidos para poder tocar o mundo com as mãos. 
Faça uma viagem, esvazie as bagagens mais pesadas.  Com certeza há de encontrar alguém que tenha o dna da paixão parecido com o seu. Não fique com medo do acaso. Não fique com medo de se decepcionar. A vida foi feita para isso; para aprender a caminhar com as próprias pernas. Foi feita para ser vivida até a última gota. Arrisque-se. Você ainda tem muito que contar.
Não fique só no se, no quem sabe, no talvez. Teu hoje está em jogo. Mesmo que tudo se embaralhe, dê uma chance para o Amor, para o tempo, para o prazer. E se houver necessidade de (re)colhimento que seja para se dar um tempo. Seja só para se (re)fazer..

Sil Guidorizzi.




Que Deus nos proteja..

 
E que nesse instante a luz do alto paire sobre nossa alma. Nos ilumine. Nos traga força e paz. Que Deus nos proteja. Nos conceda o que for de merecimento. Nos alimente e nos conceda mais um dia para aprendermos também a perdoar..

Sil Guidorizzi..


Cuide bem..

Cuide bem de quem você ama. Faça sua parte. Não deixe dúvidas no ar. Simplesmente se mostre de verdade. Esteja perto. As pessoas precisam disso. Precisam saber-se amparadas, ouvidas, protegidas. Cuide bem. Cuide com afinco. Valorize. Pois se um dia elas se forem ou voarem para outras paisagens, você fez sua parte. Você se doou. Você tornou a sua vida e a dela mais feliz e mais bonita. Não importa as (im)perfeições, os desajustes, as fases mais complicadas. Todo amor é luz. É vida.

Sil Guidorizzi..

quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Choro a falta do seu sorriso.

 
Não choro nossos destinos. Choro a saudade do que fomos, do que fizemos. Choro a falta do seu sorriso.


Sil Guidorizzi.


Pra hoje..

Pra hoje, pense em quem te quer bem. Quem te deseja sorte, quem te deseja força, quem te segura na hora das quedas. Pense em quem te faz feliz. Sinta-se agraciado por isso. Sinta-se (re)vigorado por poder continuar sua jornada. E que Deus te cuide. Te guie. Te ilumine.

Assim seja...

Sil Guidorizzi..


quarta-feira, 25 de novembro de 2015

Feito asa de anjo..

Quero a nossa saudade entrelaçada. Quero viajar na curva do teu sorriso. Te quero leve. Te quero perto. Te quero feito menino(a). Quero a noite fazendo poesia em meu ouvido. Não quero nem menos nem mais. Te quero do jeito que Deus lhe fez. Feito asa de anjo que soube voar e cruzar com o meu destino..

Sil Guidorizzi..

Faz um bem enorme..

O que ainda vale pra mim é um café quente e fresco. Uma surpresa fora de hora. Um abraço que me protege. Ter o sorriso desenhado no peito.
Isso faz mais efeito do que qualquer disputa de ego. Faz um bem enorme se sentir aquecido pelo sentimento bom de alguém..

Sil Guidorizzi.

Bom dia, com afeto..

 
E que Deus nos liberte de tudo que nos incomoda, nos trava, nos persegue.
Que Ele na sua infinita bondade nos conduza em segurança pelo nosso caminho.

Sil Guidorizzi..



Obrigada querido Deus..

Não tenho asas, mas sei voar. Por isso levo a vida do jeito que quero e do jeito que me sinto bem.  Se dentro de mim existe um consenso, é porque sei até onde posso e devo ir. Dançando onde quero, ouvindo o que gosto, abrindo minha caixa de pandora, e espalhando o meu melhor por aí. 
Meus laços são de amor e sinceridade com quem realmente Amo e desejo em minha vida. O que não me atrai agrada ou me prejudica, apenas fecho a porta. Não sou de ficar me expondo para o mundo, não sou de ficar me gabando de nada. Só sei que a menor partícula de luz que chega através da fresta da minha janela já me ilumina e me dá disposição.  Minha linguagem é corporal.  O olhar atravessa fronteiras desconhecidas. Meu espaço apesar de pequeno é arejado e simples. A vida sendo minha, eu cuido. Só entra quem realmente eu desejo. Não adianta forçar passagem. Se não é bem-vindo(a), sinto muito.

Obrigada, querido Deus por tudo..

Sil Guidorizzi..

terça-feira, 24 de novembro de 2015

Só sei..

Só sei que nesse mundo transitório, ainda temos a chance de desejar, conquistar, amar. Sejamos loucos e apaixonáveis. Sejamos muito mais do que um coração sem história, sem memória. O bom é ter o que  viver. O que recordar.

Sil Guidorizzi..

Have a Nice Day..

Hoje o dia está meio pálido com cara de chuvinha. A ventania balança as árvores. Não ouvi ainda o som dos passarinhos que costumam vir aqui na minha varanda brincar nas folhas. Isso, quando não resolvem adentrar a sala de casa e ficar pulando de um lado para o outro enquanto eu tento tirá-los daqui. Tenho medo de machucá-los.  Mesmo assim, adoro quando eles entram. Trazem cor, leveza e graça.
Me levantei com vontade de ouvir Norah Jones. – Não, nada me incomodando. A primeira coisa que faço é ir à cozinha preparar o meu café;só assim realmente desperto. O pensamento já vem em alguns assuntos que preciso resolver. Ando me motivando com a (re)organização de algumas coisas.

Passei na livraria Saraiva aqui perto de casa e comprei o livro A Mágica Da Arrumação de Marie Kondo. Foram mais de 2 milhões de exemplares vendidos. Primeiro lugar na lista do The New York Times.  A arte japonesa de como colocar ordem em sua casa e na sua vida. Percebi que algumas mudanças fazem bem. Se mantenho a casa em ordem com certeza minha mente também ficará mais limpa e mais aberta. Sinceramente, recomento.  Aliás, recomendo também um tempo só seu. Um tempo para (re) pensar algumas coisas.  Chega uma hora que é preciso.  Me sentei aqui só para escrever essas poucas linhas. O café está aqui ao lado, o livro também. Só te desejo um dia bom. Um dia bacana. Um dia pra você viver e agradecer.

- Sil Guidorizzi..

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Que eu me abrigue..

Que eu me me abrigue em teu abrigo de luz. No acaso (pre)destinado, no castanho dos teus olhos. Que a gente se perca entre um tocar e outro, entre o amor sem razão, sem fazer muita questão do porquê.
Acaso marcado, amor que cuida. Coração que não se perde de você.
Sil Guidorizzi..


sábado, 21 de novembro de 2015

Quero entrar no seu labirinto..

Hoje eu só quero um pouco de loucura. Quero falar coisas em teu ouvido. Quero deslizar minha alma em você. Quero entrar no seu labirinto. Quero ficar. Te quero comigo.

Se Deus quiser..

Se Deus quiser a luz do sol vai bater, o amor vai entrar. A vida vai fluir feito poesia na beira da janela. Vai ter cor e paz. Vai ter perfume bom de flor pra sentir..

sexta-feira, 20 de novembro de 2015

Não mate seus sonhos..

Não se importe se alguém estiver olhando. Não mate seus sonhos. Não se renuncie. Aprenda a ser livre. Não espere só elogios. A maior parte do tempo as pessoas criticam. Não ligue. Tua alma é teu guia. Abuse, ouse se preciso. Só alcança a felicidade quem estiver disposto a correr os seus próprios riscos.

Gosto de quem me suaviza...

Gosto de quem me suaviza a alma. Não de quem a esnoba..

quarta-feira, 18 de novembro de 2015

Não dá pra prever o destino..

Um dia a gente não espera nada. No outro tudo acontece. Não dá pra saber a hora exata, não dá pra amarrar o coração. Não dá pra amordaçar o sentimento..Não dá pra prever o destino. Mas dá pra alma sentir o frescor de um novo aroma, um novo momento, uma nova estação.

Um dia a gente aprende..

Um dia a gente descobre que ficar protelando certas coisas é como se adiar. E que fugir, é como burlar as próprias angústias. Um dia a gente aprende que a casa precisa de ordem, que a sujeira não pode ficar debaixo do tapete. Um dia a gente aprende a cuidar do próprio espaço. Aprende a (re)ciclar as próprias ideias. A se (re)ciclar internamente, dando lugar a coisas mais importantes. Um dia a gente aprende a se balançar sem pensar no equilíbrio, sem pensar no que dizem. Sem se sentir importunado. Pega o comando do próprio coração e vai em frente. Um dia a gente aprende a não mais se incomodar.

terça-feira, 17 de novembro de 2015

Foi quando Deus me disse..

Foi quando Deus me disse: Não existe paz sem um pouco de turbulência e conflito. Não há luz que se apague quando no peito existe oração e fé..Tenha calma. Respire e continue confiante. Cuide pra que sua alma não adoeça.

Sil Guidorizzi


Prefiro...

Prefiro não dizer certas coisas. Prefiro falar com meus botões. Prefiro apreciar mais a vida do que ficar criando intriga. Prefiro cuidar mais de mim. Prefiro um dia mais aberto, do que nuvens negras pairando sobre minha alma. Prefiro ouvir uma música que eu gosto. Inventar coisas, ser mais tolerante. Prefiro deixar passar, deixar ir. Prefiro rir..
Hoje, muita coisa não mais me incomoda. Dei graças a Deus. Prefiro assim..



segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Não vou desistir de mim..

Parei de criar monstros imaginários. Parei de me iludir. Sei que a vida tem mais a oferecer, mesmo com tudo que já perdi. Não quero ficar sentada num canto qualquer me lamentando. Pode ser que muita coisa esteja ruim. Mas eu ainda me armo de esperança, porque o coração ainda sabe sentir coisas boas. Sabe doar coisas melhores. Ele ainda tem vontade de deixar acontecer. Ruim ou não, mantenho o brilho no olhar. Não vou me apagar. Não vou me esquecer. Não vou desistir de mim.

Suavize tua alma..

Suavize tua alma e alimente tua esperança. Seja vida que segue e coração que ama.

Simples assim..

Se quiser saber mais de mim, esteja perto. Esteja pelo lado de dentro..Esteja onde o coração consegue tocar, sentir. Simples assim..

No mais...

Ninguém sabe mais dos meus sentimentos do que eu mesma. Por mais que sejam confusos, ninguém possui bola de cristal para saber o que vai dentro de mim.

Ando arriscando novos ares, ando arriscando novos sonhos. Ando me encorajando mais, ando me desafiando mais. Pincelei uma nova tonalidade no meu espaço. Não penso mais em revirar gavetas atrás de coisas antigas, passadas. Porque a vida passa. O tempo traz novas cores, novos sabores. Um outro gosto no lábio. Doce ou amargo. Mas é claro que quando a saudade invade, não tem acordo.

É assim que eu passo meus dias.  E quando me sento em algum canto para pensar na vida, levo meu café quente, e penso nas coisas que me fizeram crescer. Nas coisas que me fizeram também sofrer. Nas coisas que me fizeram sair do prumo. No amor que aconteceu. No perfume bom que impregnou minha pele. Nas declarações que fiz. No formato que consegui dar aos meus dias. Na sensação de leveza e paz que havia deixado para trás.

Hoje, de coração livre e alma mais aberta, não fecho passagens. Mas também não escancaro demais.
Tenho o direito de ser reservada e de também não dizer nada que não queira. As cortinas da sala são claras, a varanda tem vista para o céu.  Às vezes, sinto falta dele. Muita. Falta dos seus cabelos compridos e macios, do calor que ele me fazia sentir. Do aconchego que a vida me proporcionou, ao me dar o direito de vivenciar o amor bonito. 

Ele foi minha rebeldia. A música do Orlando Moraes. O melhor abraço do mundo. Ele foi muita coisa boa para mim. Foi a  xicara de café japonesa que me deu, o escapulário que até hoje anda comigo. Foi o olhar sério na hora da conversa séria. Foi o beijo demorado de despedida no portão de embarque do aeroporto. Foi Amor adolescente. Amor adulto. Foi momento de reconciliação e perdão. 

Foi meu tudo..



Sil Guidorizzi..

domingo, 15 de novembro de 2015

A cidade luz se apagou..

A cidade luz se apagou. A cidade luz chora sua vítimas. Sente o peso da dor na alma. E que em cada flor, exista uma vibração de amor. Um pedido de mais humanidade no planeta. Estamos em guerra. Estamos no meio de ataques sem fronteiras. Choro por Paris, choro por todos que se vão de forma brutal. Choro por uma vida mais humana e sem dor.

Sil Guidorizzi..


sexta-feira, 13 de novembro de 2015

quinta-feira, 12 de novembro de 2015

Só de sentir essa brisa boa...

Só de sentir essa brisa boa batendo em mim, dá vontade de deitar no colo de Deus, e agradecer por mais um dia.
Agradecer pelas pequenices que me encantam. Pelas gentilezas que a vida também me mostra. Por ter consciência de que estou atravessando os dias do jeito que o destino quis.
Sil Guidorizzi

Uma alma Ama a outra..

Uma alma Ama a outra. Assim é a lei do Amor.




Um dia..

Um dia vou roubar seu beijo.
Vou ser seu desassossego.
Vou sair de mim.
Vou deixar a porta encostada.
Vou fingir que não sei de nada. 
Vou torcer pra gente ser feliz.

Um dia eu volto..

Um dia eu volto só pra falar da SAUDADE apertada . Um dia eu volto só pra falar de VOCÊ. Volto pra te falar de AMOR.

quarta-feira, 11 de novembro de 2015

Vou te (re)encontrar..

Vou atravessar todas as cercas e muros do caminho. Vou correr todos os riscos..
Tenho certeza que ainda nessa vida vou te (re)encontrar. Vou te viver. 
Vou enfim, me fazer feliz.



terça-feira, 10 de novembro de 2015

A vida...

A vida me mostrou o caminho das pedras, mas também me fez desaguar no lado bom da vida. No lado bom do amor.


Pra hoje..

Pra hoje, uma saudade abusada. Uma loucura sadia. Uma declaração ao pé do ouvido. Um olhar que instiga, uma alma que pede bis. Nada que choque. Nada que macere, nada que destrua sonhos. Pra hoje, mais emoção, mais querer dentro do coração. Só vontade de viver. De preferência em paz. Longe das maledicências que existem por aí.





segunda-feira, 9 de novembro de 2015

Só quero estar em paz..

Só quero estar em paz. Em paz pra ser o que bem entender. Pra beijar o sol ou abraçar a lua. Pra tomar um banho de chuva. Pra tentar me encontrar. Pra caber onde a alma não se sinta apertada..
Pra levar nas asas do tempo, o bom da vida. O bom do amor. O bom que pincela os dias. Com mais harmonia e menos dor.
Sil Guidorizzi

Desconfio que seja amor..

"Desconfio que seja saudade. Desconfio que seja amor. Desconfio do jeito que me denuncio; do sorriso que sai solto sem nada forçar. Desconfio dos meus olhos que passeiam sobre os teus. Como quem pede um beijo demorado; como quem pede pra ficar ao teu lado.
Desconfio que já seja tua. E tenho certeza que você também já é meu".
Sil Guidorizzi

Reza a lenda..

Reza a lenda que o estômago revira e se enche de borboletas. As mãos suam, o coração sente taquicardia. O corpo pede, a alma deseja.
Reza a lenda que isso se chama amor..

Com você..

O olhar está grávido do teu. Grávido do teu  castanho, do sorriso que marca e diz. Do teu silêncio que me recebe em paz.

Me sinto novamente aquela menina embevecida pelo teu apelo de menino que se fez homem. De homem que aprendeu a amar essa menina mulher.



Não senti medo quando Deus (re) desenhou o nosso caminho e nos colocou frente a frente. Não senti medo ao tocar levemente com os dedos teus lábios. Ao sentir tuas mãos nas minhas costas me pedindo um longo e demorado abraço. Foi como jogar as armas ao chão e deixar ser.  

Com você os sinos dobram, o café esfria, a pele queima enquanto a gente se aninha. É como conectar a alma perto do céu, sem nenhum passado sombrio.

Teu perfume vem misturado ao ar da manhã feito nova estação.

Feito Luz que flerta com meu coração.


Sil Guidorizzi..

sábado, 7 de novembro de 2015

Tem gente...

Tem gente que ouve música quando o sol nasce. Que se deita abraçado a saudade pra conseguir dormir.Tem gente que te faz sorrir com a simples presença. Que nasce poesia. Que pousa feito passarinho dentro do coração. Faz ninho. 
Tem gente que desabrocha e perfuma feito flor. Que a gente não precisa de motivo algum pra amar. Tem alma que brilha e céu que enfeita. Tem cor.

sexta-feira, 6 de novembro de 2015

Não quero uma vida exigente..

Não quero uma vida exigente e cheia de cobranças. Quero apenas me sentir amada. Me sentir importante. Me sentir gente.


quarta-feira, 4 de novembro de 2015

O que eu sei..

O que eu sei, é que amanhã será um novo dia. Não vou deixar de respirar o meu ar, tomar meu café fresco, nem deixar de viver .
A vida acontece quando o coração acorda e se apronta pra (re)começar. Mesmo que o vento forte balance meu norte e me leve pro sul. Mesmo que eu veja o céu cinza e dentro de mim tente mudar o seu tom para o azul.

segunda-feira, 2 de novembro de 2015

Se pudesse..

Se pudesse, apagaria a luz do pensamento. Juntaria alguns fragmentos que a vida espalhou por aí. Se pudesse, nesse instante, soltaria as feras que há em mim. Não me doeria mais. Iria contra qualquer absurdo que me prejudicasse por dentro.
Escreveria em letras garrafais que sou imperfeita e humanamente incapaz de certas maldades. Que não nasci pronta. Que lutaria por qualquer coisa que me fizesse mais mulher e mais feliz. Não quero que me ditem regras. Não quero que perturbem o meu silêncio. Algumas coisas me deixam de porre. Outras me sensibilizam. Aqui, não invade quem quer. Tenho o registro do meu domínio. Ainda sou capaz de me discernir.

Sinto o afago de Deus...

Já ofereci os dois lados da face pra apanhar. Hoje mais consciente, sinto o afago de Deus. Ele me socorreu diante das minhas piores dores. Ele me ensinou a crescer.
Me ensinou a viver mais pra mim e a sentir com mais amor o perfume das flores.

Ando desprendida..

Ando desprendida, desapegada de certas coisas. 

Estou enfim, aprendendo o caminho.


Sil Guidorizzi

Sou Bruxa sim..

Sou bruxa sim..
Que faz magia todos os dias. Que luta pra não deixar a peteca cair. Que se equilibra no salto; (re)inventa poções milagrosas pra sentir-se mais feliz. Sou bruxa sim. Dessas que não param um segundo. Que socorre quem precisa, e sente algumas vezes o cansaço bater forte na alma. 
Contudo, aprendi a dosar um pouco melhor a receita da vida. O caldeirão por vezes ferve, por vezes esfria.
Bruxa boa, ou bruxa má...Não sei. Só sei que ainda me viro nos 30.