segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Você não vê o meu avesso..

Você não vê o meu avesso. Não sabe da minha caminhada. Não sabe o quanto sofri até conseguir abrir o olhar diante do espelho e me deixar (re)fletir.
Você não sabe da minha infância, de quantas histórias precisei ouvir pra conseguir dormir. Quantos sonhos eu tive, quantos eu deixei. Quantas noites de insônia vieram sem cerimônia,só pra fazer me lembrar de tudo que um dia eu tive e deixei partir.
Você não sabe da minha trajetória, nem de como me acheguei aos braços de Deus. Você ainda não conseguiu me ver como mereço. Não conseguiu me sentir como preciso. Você ainda não me (re)conhece. Apenas levemente me imagina. Torço pra que um dia tua alma reflita de verdade na minha. E a gente consiga ser feliz.


Nenhum comentário:

Postar um comentário