segunda-feira, 28 de março de 2016

Eu não deixo pra lá..

Eu não deixo pra lá. Não deixo o que em mim resiste. Sou a favor do tempo bom, das coisas que acontecem naturalmente.
A vida sempre dá um jeito de presentear com algo bonito.
Eu não deixo pra lá o que me acolhe, me mostra sinceridade, me balança feito criança enquanto sonho, ou deliro.
Tanto faz. Faço da minha ausência, presença em mim. Saio, atravesso avenidas, leio livros, sinto cheiro de perfume ao entardecer..
Sou assim.. Dentro da minha completa loucura, me sinto sã. Me sinto saudável. E dentro desta minha peculiaridade, vou levando. Vou me encantando. Vou seguindo o curso do meu rio. Quero esse outono (re)novando meu espírito, trazendo novas cores e quem sabe um novo amor. Fresco, e pronto, colhido por mim..
Sil Guidorizzi.


Nenhum comentário:

Postar um comentário