domingo, 10 de abril de 2016

Ai você descansa...

Aí você descansa. 
Fecha um pouco os olhos. 
Volta um pouquinho no tempo. 
Sente aquele afeto gostoso envolvendo a alma, e o cheiro de café fresco 
com gosto de saudade. 
O sorriso surge meio encabulado mas sem tristeza no peito.
E desse jeito sem fazer planos,
o coração distraido agora só quer ficar ali. .
Aí a gente percebe que passou e foi bom. 
Foi inesquecível. 
E a gente quer sentir mais um pouquinho desse sentimento que hoje ainda (re)flete no peito. 
Agora menos abusivo, menos agressivo. 
Mas ainda mantendo intocado o seu perfume bom.

Nenhum comentário:

Postar um comentário