segunda-feira, 25 de abril de 2016

Sabe...

Sabe, você foi minha rebeldia. Meu grito de liberdade e loucura. Esse pensamento, esse olhar de quem busca; esse instante de introspecção, é pra você.
Pelo que de bom me deu. Pelos versos que fiz. Pelas rimas que você me escreveu.
É pelo gosto misturado do café amargo ao teu beijo. È pela profundidade dos teus olhos. Pelo calor da tua pele. Pelas mãos em minhas costas enquanto dormia enlaçada ao teu cheiro.
É pelo coração descompassado nas tardes de outono quando nos sentíamos crianças tolas e não nos preocupávamos com o resto do mundo à nossa volta..
Esse desejo que me vem agora de pular em teu abraço, de cuidar do teu cansaço, de sentir-se única é pra você.. É só teu..
Não me preocupo com os astros, tarólogos, cartomantes. O que dizem as linhas das mãos. O que vai ser.
O que sinto agora é teu. Nesse instante esteja onde você estiver, você é todo meu.





Nenhum comentário:

Postar um comentário