quarta-feira, 29 de junho de 2016

Depois que eu fechar a porta do nosso ciclo..

Depois que eu fechar a porta do nosso ciclo, vou baixar as cortinas e hastear a bandeira da minha paz.
Não nasci pra ser passada pra trás. 
Nasci pra ser amada como se deve. Como o amor pede. Quero mudar de vez o (e)terno dos meus dias. 
Quero fechar os olhos e ter um tempo só meu. Um tempo onde eu possa me descobrir, me desvendar.
Quando eu colocar o pé pra fora de nosso tempo, vou deixar o vento bater no rosto. Não vou colocar o coração no bolso. Vou deixá-lo livre pra respirar.  
Vou desacorrentar o passado. Vou desatar o nó no peito. Vou deixar de ser tão assim...
Vou sem excessos. Vou filtrar o que deu errado. Vou cuidar das feridas. Vou tratar das dores da alma.. Vou cuidar mais de mim.
Sil Guidorizzi..

Nenhum comentário:

Postar um comentário