domingo, 3 de julho de 2016

Quando palavras faltarem..

Quando palavras faltarem, que seja o amor a preencher as lacunas do que a vida precisa. 
Devemos nos comprometer com os dias. Devemos crer na luz divina. Quando a vida nos der um chacoalhão, que possamos agradecer. Possamos entender que nem sempre estaremos certos. Que não somos o centro do universo. Que onde houver simplicidade haverá mais colheita farta e alegria. 
Quando os pés sentirem cansaço e o olhar sentir a perda do brilho, é imprescindível buscar-se novamente. Até que a alma encontre seu eixo espiritual e o coração mais em paz, possa voltar pra casa em segurança. Tudo só depende do que se quer. Depende do que você almeja e o que alcança.

(Sil Guidorizzi)..



Nenhum comentário:

Postar um comentário