quinta-feira, 7 de julho de 2016

Tantas coisas eu fiz.

Tantas coisas eu fiz. 
Tantas faria de novo e de novo.
Faria por ter sido bom pra mim. 
Faria por sentir a alma latejando.
Por ser entregue. Faria não por fuga ou desespero. 
Faria pelo prazer de poder amar sem culpa. 
Por poder viver o que me faz realmente feliz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário