quinta-feira, 4 de agosto de 2016

Sou o que consigo ser..

Não sou tão rápida; nem tão devagar.
Sou o que consigo ser.
Aliás, costumo (di)vagar sobre a vida.
Costumo parar de repente, só pra ver onde o coração anda pisando, o que ando plantando.
Não sou diferente de ninguém. Apenas tenho uma alma que foi inserida em minha matéria. 
É dela que preciso cuidar. Preciso mantê-la bem.
Sil Guidorizzi

Nenhum comentário:

Postar um comentário