domingo, 30 de outubro de 2016

Os que realmente querem ficar, ficam.

Os que realmente
querem ficar, ficam.
Sem portas,
janelas;
sem nada que 
os tranque o coração.
Essa é a diferença
de quem aprende
a amar sem
exigências
ou limitações.

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Solto tudo num suspiro profundo..

Poderia ficar por horas olhando na mesma direção sem prestar atenção em mais nada que não fosse minha existência.
Não tentaria adiantar nem atrasar o relógio do tempo. Ele tem o controle do que Deus tem em mente.
Respiro bem fundo aquele amontoado de coisas e pensamentos..
Solto tudo num suspiro profundo.
Por onde andará aquele amor antigo. Em qual terra o coração se reconhecerá no íntimo. 
Sinto falta daquela música que me fazia dançar sem comprometimento algum com nada que não fosse minha paz de espírito.
Sinto falta das longas conversas. Da temperatura da atmosfera quando o assunto é amor.
A estrada tem sido longa.. Os silêncios por vezes me chamam pra fugir um pouco da realidade lá fora.
Sem desespero, sem pressa, sem culpa.
Mas ninguém pode roubar meus sonhos. Ninguém pode viver as coisas que vivo aqui dentro em segredo.
São coisas que me movem mas não me aprisionam.
No fundo são relíquias que o coração armazenou e não mais dividiu com ninguém..

quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Algo que você precisa saber sobre ela.

Algo que você precisa saber sobre ela.
Quando ela quer, ela esquece. Ela deixa ir. Ela não guarda rancor nem mágoa.
Ela sabe que Deus está ao seu lado. Ela sabe que tudo é temporário. Que nada é por acaso. Que destinos se vivem.
Que o amanhã é uma incógnita.
Que os respiros de saudade ainda existem. 
Mas nada que possa atrapalhar sua existência apaixonante e simples.
Ela segue cuidando mais de si. Segue porque seu caminho não pode ser interrompido por sentimentos engavetados.
Por coisas que um dia existiram e hoje se espalham no infinito.
Sil Guidorizzi


terça-feira, 25 de outubro de 2016

Quem sabe..

Quem sabe um dia nossas histórias se juntam e juntos possamos transformar nossos destinos.
O amor quando é pra ser, sempre sobrevive.


Eu te desejo..

Eu te desejo um mundo de oportunidades. 
Sorrisos que te encantem. 
Eu desejo que você ame e seja amado com a intensidade da alma.
Que Deus te ofereça um tempo mais aberto, feito de luz e paz.
Que você possa confiar mais em sua própria capacidade.
Que você enriqueça a vida com coisas simples, e não perca jamais o brilho do próprio olhar.
.Amém!

Sou solta na vida.

Vivo de trajetos silenciosos e pensamentos soltos.
Tenho amnésia seletiva.
Sou terra de ninguém.
Sou solta na vida.
Sou do ar,da terra,das entranhas e euforias do amor...

sábado, 22 de outubro de 2016

Não consigo ser diferente..

Não consigo ser diferente. Não consigo mudar minha essência por capricho de outra pessoa.
Nasci assim. Amadureci com o tempo.
Floresci, murchei. Renasci.
Não consigo ser de outra maneira. Fiz minhas escolhas.
Foi com elas que aprendi.

Faz um bem enorme..

Faz um bem enorme se sentir aquecido pelo sentimento bom de alguém..

Sil Guidorizzi


sexta-feira, 21 de outubro de 2016

Foi quando..

Foi quando ela percebeu o tamanho do seu mundo.
Achava-o justo e digno.
Tinha o que precisava.
Era amoroso, aconchegante e simples.

quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Não sei viver na superfície..

Não sei viver na superfície.
O coração gosta do que aprofunda.
Do que o faz viajar pra outras esferas.
O coração gosta do que não o apavora.
Gosta do que o provoca.
Gosta do que delicia os sentidos, junto do sentir.

É assim..


Não tenho um coração valente..

Não, não tenho um coração valente. Já me fiz em mil pedaços. Juntei-me aos poucos esperando a poeira baixar, e aquela sensação indescritível de vazio sumir.
Já ouvi: Retoma sua vida, cuida de você. Você é forte.
Não, não sou.
Sou mais frágil do que passarinho quando quebra a casca e nasce buscando proteção.
Sou mais frágil do que possa imaginar. Apenas aprendi a me reerguer sozinha. Por conta própria. Por saber que só posso contar comigo mesma.
Posso dizer que hoje já me curei de muita coisa. Já atravessei desertos sem precisar de tanta água pra sobreviver.
Assim Deus ensina. A curar as feridas, a perdoar e relevar.
Nada é por acaso.
Não sou vítima de nada nem de ninguém. Sou só filha do tempo, vivendo as coisas que escrevi e que posso até tentar apagar da mente e do coração.
Mas elas foram sentidas e amadas com intensidade.
Nem sempre dá pra esquecer.

Vou bordando..

Estou aceitando o bem. O que evolui.
Estou aceitando Paz na consciência e vibrações de amor.
Estou aceitando a vida como ela é.
Vou bordando, costurando. (Re)construindo.
O que for preciso melhorar, vou modificando dentro do próprio interior.

terça-feira, 18 de outubro de 2016

Vale a pena ser feliz..

Se o coração disser sim, vá em frente.
Enfrente a vida ao menos com amor dentro.
Vale a pena ser feliz.


Felicidade..

Felicidade é fazer da vida algo mais leve e simples.
É se acomodar dentro dela sem tantos melindres.
Felicidade vem dos acordes de paz e luz que Deus nos emite..
Sil Guidorizzi


Peço luz..

Pois é..
Peço luz.
E que o orvalho da manhã me abençoe curando as coisas que preciso curar..
Ainda vivo de algumas saudades.
Vivo coisas que não quero deixar pra lá.
Mas dá pra conviver com o presente sem sentir tanto essa ausência.
Apesar de tudo, dá pra continuar..

segunda-feira, 17 de outubro de 2016

Não é questão de ser..

Não é questão de ser
mais, ou menos feliz .
É questão de aproveitar
cada momento
que recebemos 
como bençãos.
São eles que nos
dão a dimensão do que
podemos #dar_e_receber..

Foi um sonho a dois.

Às vezes o que eu faço é pensando em você. Às vezes quando a noite chega, a saudade está em você.
Se não tivéssemos acelerado demais, não nos atropelaríamos.
Às vezes eu quero beijar teus olhos. Abraçar teu sorriso. Quero enroscar tua perna na minha.
Sem malicia, sem questionar. Sem saber quem errou.
Ás vezes me pego pensando em como foi bom, e esqueço os dias menos felizes.
No fundo, vivemos um romance pra lá de maravilhoso. 
Mesmo assim, apesar de alguns desencontros e alguns dias de distância e solidão, foi fantástico.
Foi um sonho a dois..

domingo, 16 de outubro de 2016

Ainda é você..

Você é sentimento que não passa.
É travesseiro que me acomoda.
A música que toca na vitrola.
Aquilo que não quero me desfazer.
Só com você me sinto em paz. 
Apesar de tudo.. ainda é você..




Quero arriscar..

Como diz a música da Marisa Monte; eu não sou difícil de ler. Não sou impossível de se amar..
Por vezes sou contraditória. Não aceito mais que tirem minha paz ou meu sorriso.
Sou o que sou. Com ponto, vírgula, reticências e muitas interrogações.
Eu me sinto melhor quando consigo confiar mais em mim. Quando consigo visualizar em minha mente as coisas que posso tecer com o coração.
A vida é breve. Não quero perder mais tempo pensando em como seria, ou porque não deveria tentar.
Quero arriscar. Quero ser grata ao que Deus tem colocado em minhas mãos..

quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Ela sempre chega..

Ela sempre chega. Pode ser janeiro, pode ser passageiro. 
Pode ser do jeito que ela encara a vida com o olhar.
O que é dela só ela vive. Só ela sabe o que acontece dentro dela.
Não dá pra dividir certos pesos. Mas dá pra sentir certos alívios. 
Ela sabe com quem contar.

terça-feira, 11 de outubro de 2016

Feliz dia das crianças..

Jamais mate a criança que existe dentro de você.
Crianças nos ensinam. Nos mostram o mundo com uma suavidade que poucos veem..
Sorriem sem maldade, sem interesse. O olhar de uma criança traduz exatamente o que é a vida.
Por isso, divirta-se..
Não se incomode se estiverem te olhando.
Te desejo um Feliz dia das crianças..
Continue sonhando.

segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Sou quem agradece..

Sou fortaleza que também desaba. Que procura viver os sonhos sem interrupção de ninguém.
Sou mulher que quer viver. Que quer ser presença e sentimento bom na vida de alguém..
Já rasguei cartas, desalinhei o coração. Já desfiz outros tantos pensamentos que vazaram pro nada.
Penso em ser o que sinto. Penso em viver de menos espera.
Pode ser de bate pronto. Pode ser onde o olhar enxergou o outro.
Sou mulher distraída, infinitamente solícita com a vida.
Sou fera. Já fui ferida.
Ainda quero me aninhar nos (a)braços de quem sabe me dar paz.
Eu mereço ser feliz apesar de alguns descontentamentos. Apesar da desonestidade de gente fingida e cheia de preconceito.
Sou quem procura Deus em minhas preces.
Sou quem agradece ao final do dia.

sábado, 8 de outubro de 2016

Saiba que te adoro..

Saiba que te adoro. Que te amo. Que a vida sem você é mais que saudade. 
É um nado profundo no tempo, nas lembranças; no castanho dos teus olhos. 
Saiba que por onde eu for rabiscarei teu nome nas páginas da vida.
Eterno é tudo aquilo que a alma nunca mais se desfaz.

Sil Guidorizzi..

Já bati a porta..

Nunca gostei de agressividade. De gente que sempre acha que tem razão. Que nunca dá o braço a torcer. Que não carrega humildade na alma.
Nunca gostei de sentir o coração ameaçado por gente que não sabe o que quer e ainda sente prazer em descontar suas frustrações em cima de quem não tem culpa.
Não me sinto confortável onde não encontro reciprocidade. Me afasto de gente que tem o olhar carregado de inveja e de más intenções. 
Odeio discussão..
Já me fiz de boba só pra ver até onde ia a cara de pau de gente que achava estar me enganando sem que esboçasse qualquer reação.
Já chorei escondida. Já bati a porta. Já pedi ao grande amor da minha vida que me deixasse em paz, por não aguentar mais viver sob tanta pressão.
Hoje, não sei bem ao certo dizer o que a vida pode me trazer. Se essa porta que fechei tornará a se abrir. Não sei ao certo o que Deus me reserva.
Talvez eu tenha vivido muito tempo dentro de uma grande rede de ilusão. Talvez eu tenha desfeito esses planos que inocentemente criei dentro de mim.
Não tenho mais tempo para julgamentos ou pra pensar no que seria..
Se tudo mudou, foi preciso.
Essa é a única certeza que carrego nos passos e no coração.


Sil Guidorizzi..

quinta-feira, 6 de outubro de 2016

Tenho metas. Não tenho planos..

Tenho metas. Não tenho planos.
Alcançar a paz de espírito é uma delas.
Não vou pelos números; e sim, pela qualidade de amor e vida que recebo e consigo doar.
Tenho mil maneiras de ver a vida. Dentre elas, ter a capacidade de discernir e escolher o que preciso.
Que Deus me ouça, me aconselhe e me proteja.
O olhar caminha de modo mais raro. Tudo tem sido mais ameno e menos tempestivo.
Deve ser o interno dizendo pra ter mais calma e seguir segurando nas mãos do destino.

quarta-feira, 5 de outubro de 2016

Precisamos..

Precisamos quitar esse débito de amor e saudade. Nos devemos isso.

Gosto do olhar que filtra o íntimo.

Não quero esse todo que parece igual. Não preciso endeusar ninguém..
Aliás, quem merece consideração e respeito não precisa de exageros, soberba, ostentação.
Se me toca, é porque enraizou na alma. Se aprofunda, é porque invadiu os sentidos.
Essa é a visão que tenho da vida, das pessoas; dos dias.
Gosto do olhar que filtra o íntimo.

terça-feira, 4 de outubro de 2016

Só quero me continuar..

Estou colhendo o que mereço, amando o que preciso
Estou indo..
Não sei o tempo que vou me demorar a voltar.
Tudo passa, as flores desabrocham.
O coração muda diante do novo dia.. 
Nada de agonia, nada de desesperança.
A confiança vem diante do que Deus me convida a fazer.
Estou num outro momento. Está tudo correndo como deve ser.
Sem ilusão, sem drama.
Só quero me continuar.