terça-feira, 29 de novembro de 2016

Vivo de alguns eternos.

Não, ainda não cansei de sonhar, de imaginar, de agradecer a Deus. 
Gratidão é alavanca pra paz, pra verdade. 
Pras coisas que eu recebi e que de alguma forma ou de outra fez com que me reconstruísse.
Mesmo assim ainda vivo de alguns eternos; vivo submersa em coisas que um dia só fizeram bem pra mim.


Nenhum comentário:

Postar um comentário