quinta-feira, 11 de maio de 2017

Todas as coisas..

Todas as coisas que eu sei sobre o amor vieram através dos teus olhos, da curva do teu sorriso.
Vieram do teu abraço apertado, da tua perna na minha.
Da taquicardia desavisada, da hora nunca marcada.
Muitas vezes me perdi, muitas vezes me encontrei.
Amei, re-amei. 
O tempo da saudade chega sempre sem avisar.
Mesmo que não tenha sido tão simples assim, reconheço o quanto fui feliz..
Sinal de que ainda lembro das coisas que vivemos sem autorização de ninguém.

Nenhum comentário:

Postar um comentário