domingo, 15 de março de 2015

Quem eu sou..



Quem eu sou..

Alguém feliz apesar das adversidades.

O grãozinho de areia na imensidão desse jardim de luz.

Sou quem atravessa a porta quando ela se abre, sem saber o que me espera.

Sou diferencial, sou crise existencial. Sou solidão. Vou aqui, ali.

Por vezes pés cansados, coração aos saltos, amor pra poder florir.

Quem eu sou, só eu sei.

Sei que ainda tenho muito a fazer.

Por isso não me intimide. Não pode o jeito que escolhi pra ser.

De tempos em tempos eu me reciclo. Volto com mais sede de viver.


Sil Guidorizzi..


Nenhum comentário:

Postar um comentário