quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

Um dia..

Um dia a gente vê que foi bom.. Que o coração saltou pela boca. Que o amor viveu o que tinha de viver. Um dia a gente leva e guarda dentro. Esquece um pouco do mundo lá fora. Não se culpa se não deu certo. Porque o plano era não fazer planos. Era estar junto. Era estar perto. Era estar bem.
Um dia a gente vê que o relógio não atrasou o nosso tempo. Que o céu não escureceu por nossa culpa. Que as ruas e avenidas continuam com o mesmo barulho. Que as pessoas se olham, disfarçam e seguem seu rumo. Pouco sabemos do nosso futuro. Um dia a gente vê que não foi fácil, que a vida desenhou coisas a lápis. Outras foram rasuradas. Um dia a gente vê e descobre tanta coisa, tanto tesouro escondido. Tanto horizonte que ainda precisa ser visto. E a gente quer dançar, quer vibrar muitas vezes sem saber porque. Talvez porque ainda a gente tenha tempo de (re)começar no hoje. Tenha tempo de nos agradar um pouco mais. Talvez só pelo simples prazer de estar aqui. E nada mais..

Nenhum comentário:

Postar um comentário