quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Ela sempre chega..

Ela sempre chega. Pode ser janeiro, pode ser passageiro. 
Pode ser do jeito que ela encara a vida com o olhar.
O que é dela só ela vive. Só ela sabe o que acontece dentro dela.
Não dá pra dividir certos pesos. Mas dá pra sentir certos alívios. 
Ela sabe com quem contar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário